Negócios - 31/08/2017

Vai alugar? Guia completo para alugar um imóvel

Vai alugar? Guia completo para alugar um imóvel

Alugar um imóvel não é tarefa fácil, mesmo que seja um momento feliz na vida das pessoas. Essa missão pode ser complicada, gerando dor de cabeça para quem está locando o bem. Se você não quer passar por isso, leia nosso guia completo da locação.

 

Obrigações para ambas as partes

 

Tanto locador quanto locatário devem reunir a documentação exigida para a locação de um imóvel. Não deve faltar papel algum para que a transação seja realizada, visando o bem e a segurança de ambos.

Comprometimento da renda

 

Os gastos com moradia, seja para pagamento de aluguel ou das parcelas do financiamento, não devem comprometer mais do que 30% da renda total da casa. Portanto, é importante providenciar comprovantes de renda também, além dos documentos pessoais, especialmente se o seu emprego for informal ou sem holerite.

 

Importante: se você pretende alugar um imóvel em edifício, deve considerar nesses 30% a taxa de condomínio, que é paga mensalmente ao síndico, para pagamento das despesas comuns do prédio.

 

Além disso, locatários geralmente pagam taxa de IPTU e coleta de lixo, sendo que essas despesas também precisam constar no comprometimento da renda. Tudo isso é importante para evitar sustos após a instalação no imóvel.

 

Garantias de locação

 

Para que a locação seja aprovada, é preciso apresentar garantias de locação à imobiliária. Elas podem ser de três tipos:

 

Caução: depósito referente a três meses de aluguel, feito em caderneta de poupança. O valor será restituído ao locatário após o término do contrato, com correção monetária e juros do período;

 

Fiança: pessoa física se torna fiador do locatário, tonando-se responsável pela dívida, em caso de não cumprimento das obrigações;

 

Seguro-fiança: o fiador é uma seguradora, que garante o pagamento em caso de inadimplência.

 

Localização do imóvel

 

Antes de alugar um imóvel, é importante definir a localização interessante para você. Pode ser perto do trabalho, da residência de familiares, etc., mas o importante é que seja de fácil acesso a transporte público, escolas, farmácias e serviços, como supermercados, panificadoras e outros tipos de comércio.

 

Quanto mais nobre for a região, mais caro será o investimento de locação. E mais: as comodidades do bem também contarão no seu valor, como incidência do sol, elevador, vigilância, salão de festas, academia, playground, entre outros.

 

Visita ao imóvel e vistorias

 

Se você encontrar um imóvel que se encaixe em suas preferências, visite-o e veja se você se imagina morando lá com a sua família, seus móveis no local, vocês fazendo a sua rotina diária. Observe a aparência do bem, suas instalações elétricas e hidráulicas e repare em tudo em detalhes. É recomendável levar alguém de confiança para fazer essa análise com você, para perceber algo que pode passar batido em suas vistas.

 

Ao aprovar o local, peça uma vistoria do bem, para garantir que o imóvel está em boas condições e que será entregue como foi disponibilizado.

 

Tomando-se esses cuidados no processo de alugar um imóvel, você evita dores de cabeça e pode aproveitar os benefícios da mudança de residência.

 

- ESCONDER

COMPARAR IMÓVEIS
+ MOSTRAR COMPARAÇÕES