Dicas para casa - 20/07/2017

Convivência em condomínios: cinco dicas de etiqueta entre vizinhos

Convivência em condomínios: cinco dicas de etiqueta entre vizinhos

A convivência em condomínios nem sempre é fácil. Porém, pode ser um pouco menos complicada se houver o cumprimento de cinco dicas de etiqueta entre vizinhos. Descubra abaixo quais são elas.

 

Bom senso dentro de casa

 

É certo que dentro de casa as pessoas podem ficar à vontade, mas deve existir bom senso quando se dividem paredes com outras pessoas, principalmente quando o teto de um é o piso do outro.

 

Então para diminuir os impactos sonoros, coloque pisos emborrachados nos quartos das crianças, evite fazer barulho, eduque seus animais de estimação e não atire objetos pelas janelas.

 

Bom senso nas áreas coletivas

 

Contudo, também é preciso ter bom senso na utilização das áreas coletivas, para que haja boa convivência em condomínios. Ou seja, evite fofocas sobre os moradores, respeite os horários e as regras do salão de festas, do playground e da churrasqueira, e não coloque seu carro em outra vaga de garagem, que não a sua.

 

Mantenha as crianças sempre acompanhadas nas áreas comuns e utilize o elevador de serviço ao entrar com sacolas de compras ou animais de estimação (eles devem estar sempre no colo).

 

Funcionários do edifício

 

Zeladores e porteiros são funcionários contratados pelo edifício, não por você, portanto eles não podem prestar serviços domésticos em sua residência, mesmo que seja seu dia de folga, a não ser que você pague de maneira particular pelo serviço, tendo-o como um funcionário autônomo.

 

Porém, recomenda-se que essa prestação de serviço seja evitada, para prevenir fofocas e incômodos no prédio.

 

Mudanças, montagem de móveis e reformas

 

Entrada e saída de moradores com mudanças, montagem e desmontagem de móveis e reformas no apartamento são situações incômodas para os condôminos, então devem ser feitas de acordo com as regras do edifício.

 

É importante ressaltar que as cargas, os materiais e os trabalhadores devem ser transportados pelo elevador de serviço, em horários e condições estipulados na Convenção Coletiva do Condomínio, e não custa avisar o síndico antecipadamente quando uma situação do tipo ocorrer.

 

Aja com empatia

 

A boa convivência em condomínios poderia ser resumida em apenas uma palavra: empatia. Se você não a conhece ou não sabe o seu significado, é colocar-se no lugar do outro, trata-lo como você gostaria de ser tratado. As regras de etiqueta em edifício são pautadas por empatia, isto é:

 

  • Ser gentil com os frequentadores do prédio;
  • Auxiliar seu vizinho a carregar sacolas;
  • Abrir a porta ou segurá-la, caso alguém esteja entrando no condomínio em seguida a você;
  • Cumprimentar as pessoas com os traquejos sociais costumeiros;
  • Emprestar sua vaga de garagem quando algum vizinho precisar e você se ausentar naquele período;
  • Não transformar sua garagem de veículo em um depósito de materiais;
  • Não permitir que as crianças brinquem nas escadas ou no elevador;
  • Não separar seu lixo orgânico do reciclável, etc.

 

A etiqueta para boa convivência em condomínios é pautada na empatia, utilizando-se o bom senso em suas atitudes. Isso não é sinônimo de falta de privacidade ou de liberdade, mas de respeito ao próximo.

- ESCONDER

COMPARAR IMÓVEIS
+ MOSTRAR COMPARAÇÕES